Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Natália Deodato falou sobre como está sua vida após sua passagem pelo Big Brother Brasil. Em conversa com a Quem, a jovem lamentou que ainda não conseguiu alcançar o seu sonho: dar uma casa e um carro para a mãe.

“Ainda é muito pouco tempo [para ganhar dinheiro e conquistar tudo o que sonho]… A gente sabe que as oportunidades não são iguais para todos, mas estou feliz e já consegui realizar umas coisas simples, bobas, básicas… Meu maior sonho é poder dar uma casa e um carro para a minha mãe. Também quero poder pagar um estudo para os meus irmãos, dar uma boa estrutura e uma vida melhor para eles. Ainda não alcancei esse sonho, mas estou feliz pelo pouquinho, por cada degrau que vou caminhando e subindo. Eu acho que, quando a gente é grato pelo pouco, o muito uma hora vem”, contou.

Empoderada, Natália admite que sua personalidade pode assustar os homens. “Assusta os homens, a sociedade… Porque a construção estrutural é que a mulher vai ser dona de casa e só isso. A mulher não pode ser dona das suas decisões, das suas roupas, não pode ser dona da sua vida porque isso assusta, isso é agressivo. E aqui fora é a mesma coisa, as pessoas também se assustam comigo. Mas fico feliz em saber que tenho um posicionamento e estou vivendo e sendo protagonista da minha vida. Não deixo minha vida na mão de ninguém, mas traço o caminho que quero traçar. Se estou a fim, estou, se não estou, também não estou e está tudo certo, tudo bem. Isso não me diminui, muito menos me coloca melhor que alguém, pelo contrário. Isso só me torna ser humano”, argumenta.