Geral

Ex-assessora de Flávio Bolsonaro admite “rachadinha” na Alerj

Crédito: Reprodução/Facebook

Fabrício Queiroz ao lado do senador Flávio Bolsonaro (Crédito: Reprodução/Facebook)

Luiza Sousa Paes, ex-assessora do senador Flávio Bolsonaro, admitiu em depoimento para o Ministério Público do Rio de Janeiro que nunca trabalhou no gabinete do filho do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) e que tinha que devolver mais de 90% do seu salário, no esquema conhecido como “rachadinha”. As informações são de O Globo.

A ex-assessora disse também em depoimento que conheceu outras pessoas em uma situação parecida com a sua, como as duas filhas mais velhas de Fabrício Queiroz, Nathália e Evelyn, e Sheila Vasconcellos, amiga da família do assessor, que devolveram o equivalente a R$ 878,4 mil.

Luiza foi citada em relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) como uma das oito assessoras que fizeram transferências para Fabrício Queiroz em 2016.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Modelo e atriz italiana paga promessa e posta foto ‘só de máscara’ após vitória da Lazio
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel