Esportes

Everaldo evita lamentar derrota do Corinthians: ‘Confronto ainda está em aberto’

Voltando a exibir oscilações, o Corinthians foi derrotado pelo América-MG por 1 a 0, na ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Mas o atacante Everaldo evitou lamentar o novo tropeço do time paulista e afirmou que o Corinthians tem todas as condições de reverter a situação na partida da volta, em solo mineiro.

“O confronto ainda está em aberto, vamos trabalhar forte, tentar esquecer”, comentou o jogador, lembrando de mais um desafio pelo Brasileirão, no fim de semana. “No sábado temos o Internacional e, depois, vamos trabalhar forte para poder reverter esta situação. Sabemos da nossa força e vamos em busca da classificação e, se Deus quiser, nós vamos conseguir”, declarou.

A segunda partida contra o América está marcada para a próxima quarta-feira, em Belo Horizonte. O Corinthians terá de vencer por pelo menos dois gols de diferença para chegar às quartas de final. Se ganhar por um gol, a decisão da vaga será nos pênaltis. Ao América basta um empate.

Sobre o desempenho corintiano nesta quarta, Everaldo garantiu que a equipe tinha por objetivo “sufocar” a defesa americana. “Nós entramos com a proposta de sufocar os caras, de poder atacar bastante para tentar fazer os gols. Eles vieram com a proposta de se defender e sair rápido no contra-ataque. Tentamos até o final, infelizmente numa escapada eles conseguiram fazer o gol”, comentou.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel