Economia

EUA venceram uma batalha fiscal contra Coca-Cola por ganância no exterior

EUA venceram uma batalha fiscal contra Coca-Cola por ganância no exterior

(Arquivo) Logo da Coca-Cola em São Francisco, na Califórnia - GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/Arquivos

Um juiz concordou com os serviços tributários americanos no processo contra a multinacional Coca-Cola, acusada de não ter contabilizado corretamente seus lucros no exterior entre 2007 e 2009.

O grupo separou grande parte dos lucros de algumas de suas filiais no exterior – principalmente no Brasil e Irlanda – e evitou pagar uma alíquota mais alta nos Estados Unidos, segundo a decisão consultada nesta quinta-feira (19) pela AFP.

O juiz interveio após uma ação judicial da Coca-Cola, em 2015, contra as conclusões de uma auditoria de serviços fiscais dos Estados Unidos.

Concluíram que durante três anos a multinacional não declarou sua receita tributável nos Estados Unidos em US$ 9 bilhões e, consequentemente, deveria pagar impostos adicionais em US$ 3,4 bilhões.

“Pretendemos continuar defendendo vigorosamente nossa posição”, afirmou a empresa em nota após a decisão.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel