Mundo

EUA soma mais de 55.000 casos de COVID-19 em 24 horas (Johns Hopkins)

EUA soma mais de 55.000 casos de COVID-19 em 24 horas (Johns Hopkins)

Uma funerária em Miami, em 17 de julho de 2020 - AFP

Neste domingo, os Estados Unidos registraram 55.187 novos casos de coronavírus em 24 horas, informou a Universidade Johns Hopkins em sua contagem em tempo real.

O país mais atingido do mundo agora tem um total de 4.289.624 casos, apontou a universidade de Baltimore às 20h30 (horário local, 21h30 em Brasília).

Outras 518 mortes elevaram o número total de mortes para 146.909.

Após uma queda na taxa de infecção no final da primavera, os EUA viram um aumento recente nos casos de COVID-19, particularmente nos estados do sul e oeste, como Califórnia, Texas, Alabama e Flórida.

A última vez que o número diário de novos casos chegou a menos de 60.000 foi há quase duas semanas, em 13 de julho.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Os cientistas concordam que um aumento nas taxas de mortalidade acompanha o aumento das infecções em três a quatro semanas.

O número de mortes diárias nos últimos quatro dias ultrapassou 1.000.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Boletim médico de apresentador da RedeTV! indica novo sangramento no cérebro
+ Yamaha se despede da SR 400 após 43 anos de produção
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel