Economia

EUA: Sem novo apoio fiscal, aéreas podem demitir mais de 30 mil

Sem novo apoio fiscal do Congresso, as companhias aéreas dos Estados Unidos podem demitir mais de 30 mil trabalhadores já nesta quinta-feira, dia 1º, quando expiram os programas de proteção a empregos criados pelo Tesouro local. American Airlines e United Airlines devem ser responsáveis pela maior parte dos cortes.

Por isso, o setor e os sindicatos estão em um grande lobby junto aos legisladores para garantir uma nova rodada de auxílio. Os democratas da Câmara dos Representantes dos EUA incluíram mais de US$ 25 bilhões para as aéreas em seu pacote fiscal, anunciado na segunda-feira (28) pela presidente da Casa, Nancy Pelosi. O fundo pode ser votado no Congresso ainda nesta quarta-feira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar