Mundo

EUA pressiona aliados para financiar luta contra o Estado Islâmico

EUA pressiona aliados para financiar luta contra o Estado Islâmico

Um combatente iraquiano inspeciona o local onde o Estado Islâmico atacou em Mukaishefah, 180 km ao norte de Bagdá, em maio de 2020 - AFP/Arquivos

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Mike Pompeo, pediu nesta quinta-feira aos aliados que aumentem os fundos destinados a derrotar o Estado Islâmico (EI), apesar da crise orçamentária desencadeada pela pandemia de coronavírus.

Os Estados Unidos e a Itália lideraram uma reunião de 31 nações sobre o combate a extremistas, realizada virtualmente para evitar novas infecções por COVID-19.

Uma operação americana no ano passado matou o líder do grupo, Abu Bakr al-Baghdadi, logo depois que o presidente Donald Trump declarou que o movimento, que há alguns anos governava vastas áreas da Síria e do Iraque, havia sido derrotado no campo de batalha.

“Dito isto, nossa luta contra o ISIS [EI] continua, e continuará no futuro próximo. Não podemos descansar”, afirmou Pompeo na conferência.

“Devemos continuar a erradicar células e redes do ISIS e fornecer assistência de estabilização nas áreas liberadas no Iraque e na Síria”, disse ele.

“A pandemia está pressionando imensamente todos os nossos orçamentos, mas instamos os países a se comprometerem com nossa meta de mais de US$ 700 milhões até 2020”, apontou o diplomata.

Os Estados Unidos prometeram uma contribuição de 100 milhões para o Iraque, cujo novo primeiro-ministro, Mustafa Kadhemi, foi bem recebido por Washington.

Em seu auge, o grupo Estado Islâmico realizou execuções em massa e escravizou comunidades não muçulmanas, enquanto inspirava ataques em todo o Ocidente.

Apesar do fato de a presença de extremistas ter diminuído, o alerta sobre a influência do EI na África Ocidental e no Afeganistão aumentou.

Os Estados Unidos culparam o EI por um terrível ataque no mês passado em uma maternidade em Cabul.

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ A história da Rural e da picape F-75, avós dos SUVs brasileiros
+ 5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior