Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Roderick Dwayne Randall foi preso no sábado (25) após o seu filho, 8, achar uma arma carregada dentro do quarto de hotel em que estavam e matar uma uma bebê, 1, e ferir a irmã dela, 2. O homem ainda alterou a cena do crime para tentar encobrir o ocorrido. O caso aconteceu na Flórida (EUA). As informações são do Uol.

O xerife Chip Simmons, do condado de Escambia, informou que Roderick retirou a arma do local onde ocorreu o acidente no intuito de não ser incriminado. Contudo, isso não adiantou pelo fato de ele ter uma ficha criminal de 129 páginas e 14 condenações. Por isso, ele foi acusado de posse de arma de fogo por um criminoso condenado, adulteração de provas, negligência culposa e falha em armazenar uma arma com segurança.

As duas irmãs atingidas são enteadas de Roderick. A mãe delas estava dormindo no quarto no momento em que ocorreu o acidente, de acordo com o xerife Chip Simmons. “Roderick sai do hotel, mas deixa sua arma de fogo em um armário, onde aparentemente pensava ser um lugar seguro”, completou.

O xerife frisou que os disparos foram acidentais, pois o menino estava brincando com a arma. “Ele tira a arma do coldre, começa a brincar com ela e dispara um tiro na criança de 1 ano, matando-a.” A bala atravessou a menina e atingiu a sua irmã mais velha.

Depois do crime, Roderick foi detido e sua fiança está estipulada em US$ 41 mil (R$ 215,5 mil).