Mundo

EUA: China está movendo tropas para fronteira com Hong Kong

EUA: China está movendo tropas para fronteira com Hong Kong

Manifestantes ocupam o aeroporto de Hong Kong - AFP

A Inteligência dos Estados Unidos alertou que a China está transferindo tropas para a fronteira com Hong Kong, em meio a intensos protestos contra o governo naquele centro financeiro semiautônomo – informou o presidente Donald Trump, nesta terça-feira (13).

“Nossa Inteligência nos informou que o governo chinês está transferindo tropas para a fronteira com Hong Kong. Todos devem permanecer calmos e a salvo!”, tuitou Trump.

Mais cedo, o governo chinês e usuários nas redes sociais publicaram vídeos das forças de segurança se reunindo ao longo da fronteira.

Os jornais “Global Times” e “People’s Daily” divulgaram um vídeo de cerca de um minuto, compilando imagens de blindados com pessoal armado seguindo para Shenzhen, no limite com Hong Kong.

O vídeo mostra pelo menos duas dúzias de blindados que aparentemente circulam por Shenzhen, assim como outros veículos de transporte de tropas, deixando a província de Fujian, a 600 quilômetros de Honk Kong.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Nas redes sociais, o editor-chefe do “Global Times”, Hu Xijin, disse que a presença militar é um sinal de que, se a situação em Hong Kong não melhorar, a China intervirá.

Em declarações a jornalistas em Morristown, Nova Jersey, nesta terça, Trump classificou a situação em Hong Kong como “muito difícil”, “complicada”.

“Espero que se resolva pacificamente. Espero que ninguém saia ferido. Espero que ninguém seja assassinado”, afirmou.

Ontem, Washington já havia pedido a “todas as partes” que evitem a violência.

A ex-colônia britânica atravessa sua crise política mais grave desde que a China assumiu o controle em 1997.

v

Milhões de pessoas saíram às ruas no início de junho para rejeitar um projeto de lei que autorizava extradições para a China. A lista de demandas se ampliou e passou a incluir o pedido da garantia das liberdades e a não ingerência de Pequim.

Veja também

+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cataratas do Niágara congelam e as imagens são incríveis
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica