Economia

EUA apela da decisão da OMC sobre tarifas punitivas contra China

EUA apela da decisão da OMC sobre tarifas punitivas contra China

Silhueta do presidente americano, Donald Trump, em foto de 21 de setembro de 2020, durante coletiva na Casa Branca, em Washington, DC - AFP/Arquivos

Os Estados Unidos apelaram à Organização Mundial do Comércio (OMC) a sua condenação às tarifas punitivas impostas por Washington à China no início da guerra comercial entre as duas potências.

Washington fez o anúncio durante uma reunião do Órgão de Solução de Controvérsias (OSC) da organização com sede em Genebra, disse um porta-voz da OMC.

O OSC denunciou a ilegalidade dessas tarifas punitivas em 15 de setembro.

Este caso, apresentado pela China à OMC em 2018, incide sobre uma parte das tarifas alfandegárias impostas pelo governo Donald Trump sobre produtos chineses, especificamente mais de 250 bilhões de dólares.

Essas tarifas punitivas marcaram o início de uma guerra comercial entre os dois gigantes econômicos e foram uma das marcas registradas da presidência de Trump.

Washington e Pequim concluíram posteriormente um acordo comercial, que está em grande parte paralisado.

A decisão foi muito aguardada, pois é um dos primeiros veredictos da OMC sobre a guerra comercial.

O órgão de apelação da OMC geralmente tem três meses para emitir seu relatório.

No entanto, este órgão, cuja nomeação de juízes está bloqueada por Washington, não está operacional desde dezembro de 2019 por falta de magistrados suficientes.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel