Economia

EUA ampliam restrições da chinesa Huawei à tecnologia americana


Os EUA anunciaram nesta segunda-feira, 17, novas restrições à Huawei, em esforço para limitar o acesso da gigante de telecomunicações chinesa à tecnologia americana.

Em comunicado, o Secretário de Estado americano, Mike Pompeo, disse que 38 afiliadas da Huawei serão adicionadas a uma lista de entidades estrangeiras proibidas de receber importações de produtos tecnológicos americanos classificados como sensíveis.

Pompeo descreveu a Huawei como um “braço do Estado de vigilância do Partido Comunista da China” e disse que a nova medida tem o objetivo de proteger a segurança nacional e a integridade da infraestrutura 5G de telefonia móvel dos EUA da “influência maligna de Pequim”.

Pompeo fez ainda um apelo a “aliados e parceiros” que sigam o mesmo caminho de Washington no que diz respeito à Huawei.


+ Após cobertura ser arrematada em leilão, Carlinhos Mendigo se recusa deixar propriedade
+ Mulher desaparecida é encontrada dentro de cobra píton
+ Furão é estrela de vídeo que recria cenas do filme Ratatouille



Veja também

+ Receita simples de bolo Red Velvet
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS