Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Seis em cada dez mortos em decorrência da Covid-19 no Brasil, entre março e junho deste ano, não tomaram a terceira dose da vacina. A maior parte das vítimas é idosa e com comorbinados, segundo a Info Traker, que monitora a pandemia para univesidades paulistas, em compilação feita com o site UOL.

Nos últimos meses, houve novo aumento de casos de Covid-19, apesar da vacinação. Segundo dados do governo federal, entre março e junho, 30 mil pessoas foram internadas por conta do vírus. Desse total, mais da metade não tinha tomado a terceira dose, também conhecida como primeiro reforço.

Entre os óbitos, a situação é ainda mais crítica. Dos 7.547 mortos pela Covid entre o período analisado, 61% não havia tomado a terceira dose. Além disso, 32% morreram após a terceira dose tomada em 2021, enquanto apenas 5% morreram após a dose de reforço ser tomada neste ano.

De acordo com o estudo, divulgado pelo UOL, 68% dos internados com Covid-19 entre março e junho tinham alguma comorbidade. Entre os óbitos, o número dispara para 80%. Além disso, a maior parte das vítimas era idosa.