Geral

Estudante brasileira morre ao cair em poço de elevador na Argentina

Crédito: Reprodução/ redes sociais

A estudante brasileira Ana Karolina Lara Ferreira Fernandez, de 22 anos, morreu após cair no poço de um elevador em Bueno Aires, na Argentina, no último dia 4. A estudante morava há quatro anos no país, onde cursava Medicina. O acidente ocorreu no prédio de amigos da vítima. As informações são do G1.

“O que nos passaram é que ela tinha saído para comemorar uma nota boa em uma prova de patologia, ela estava muito feliz. Quando ia embora, chamou o elevador do 13º andar do prédio, mas não viu que ele não estava no andar e caiu. A gente fica desolado, é uma coisa que não queremos acreditar”, disse a mãe da vítima, a empresária Silvana Lara Ferreira, ao G1.

De acordo com a família, uma campanha para arrecadar dinheiro foi criada para trazer o corpo de Ana Karolina para ser sepultado em Chapadão do Céu (GO), onde a família vive. O valor do translado de Buenos Aires até Guarulhos (SP) é de 5 mil dólares – cerca de R$ 25 mil. O valor foi arrecadado em menos de 12 horas.

Conforme Silvana, ainda não há previsão para liberação do corpo, mas a família tem recebido auxílio logístico tanto do Itamaraty quando do Governo de Goiás.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Vídeo do TikTok com mulher sendo empurrada de ônibus viraliza; veja

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar