Geral

Estradas para o litoral serão fiscalizadas por drone

Pela primeira vez, as estradas de acesso ao litoral de São Paulo serão fiscalizadas por drones durante as festas de fim de ano, quando o fluxo de veículos aumenta. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Agência de Transportes do Estado (Artesp) estimam que 5 milhões de veículos peguem a estrada entre a véspera do Natal e o dia 5 de janeiro, após o ano-novo.

Adquiridos pela Secretaria Estadual de Logística e Transportes, os primeiros quatro drones estão em operação desde segunda-feira, 16, em rodovias como a Mogi-Bertioga e a Rio-Santos. Só pela Rio-Santos devem passar 1,3 milhão de veículos durante as festas.

De acordo com o secretário João Octaviano Machado Neto, os aparelhos irão ajudar na operação do tráfego, acompanhando do alto o fluxo de veículos em trechos críticos.

“Os aparelhos são conectados às nossas bases móveis, ao centro de controle de operações do DER e à Polícia Rodoviária, fornecendo imagens que possibilitam uma resposta mais rápida em caso de acidentes, interdição de pista ou excesso de veículos. Podem orientar, por exemplo, a inversão de fluxo, liberação de acostamento ou faixa extra, bem como a remoção de obstáculos”, explicou.

As imagens serão usadas também para alimentar os painéis eletrônicos com mensagens aos usuários instalados nas rodovias.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Os drones não serão empregados para aplicar multas, mas podem ajudar a fiscalização em caso de infrações de trânsito.

“Se as imagens mostram que está havendo fuga pelo acostamento, por exemplo, o policiamento rodoviário será acionado”, disse.

Conforme o secretário, os equipamentos serão usados também para auxiliar a operação das balsas entre São Sebastião e Ilhabela, no litoral norte.

Posto do DER

“Estamos começando com esses quatro, mas o plano é adquirir mais aparelhos conforme a necessidade.”

As informações colhidas pelos drones serão compartilhadas com os usuários através de aplicativos e redes sociais. A expectativa é de que ajudem o motorista a programar a viagem, evitando os trechos e horários com mais congestionamento.

O uso de drone em fiscalização de estrada foi testado pelo DER em junho, na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), acesso a Campos do Jordão. A cidade recebe grande fluxo de turistas durante o inverno. Na época, o aparelho ajudou até no socorro a vítimas de um acidente, mostrando o local exato e o melhor acesso.

Saída

Em algumas rodovias, o aumento no tráfego começa já nesta sexta-feira, 20. A concessionária da Rodovia Presidente Dutra, principal ligação entre São Paulo e Rio de Janeiro, prevê a circulação de 1 milhão de veículos na estrada, entre o Natal e ano-novo. O movimento aumenta a partir das 17 horas de sexta.

A Régis Bittencourt deve receber 2,6 milhões de carros no mesmo período.

No Sistema Anhanguera-Bandeirantes, que liga a capital ao interior, a previsão é de 1 milhão de veículos circulando a partir das 15h e até 19h horas. No sábado, o tráfego mais intenso será das 8h às 16h.

No sistema Castelo-Raposo, por onde devem passar 822 mil veículos, a previsão é de muito trânsito das 12h às 21h de sexta e das 6h às 14h de sábado.

Já na Tamoios, principal acesso ao litoral norte, 518 mil veículos devem circular no período de festas. A partir das 13 horas de sexta-feira, haverá faixa adicional no trecho de serra, em direção a Caraguatatuba.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?