Economia

Estímulos de Trump podem ajudar economia japonesa, diz conselheiro de premiê

O programa de estímulos esperado pelos mercados durante a presidência de Donald Trump nos Estados Unidos ser um poderoso estímulo à economia do Japão, gerando uma forte recuperação no ano que vem que pode inclusive permitir ao Banco do Japão (BoJ) elevar juros, afirmou hoje Etsuro Honda, um conselheiro próximo do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe.

Este efeito positivo viria sob a forma de um dólar mais forte, possivelmente acima do patamar de 120 por iene, afirmou Honda, que é embaixador na Suíça e um dos principais arquitetos do programa de crescimento de Abe, que ganhou o apelido de Abenomics.

Desde a eleição do republicano nos Estados Unidos, no início de novembro, a moeda japonesa se enfraqueceu de 105 por dólar para os atuais 114 por dólar.

As promessas de campanha de Trump, incluindo as de elevação dos gastos do governo e cortes de impostos, podem ser “bastante efetivas” para estimular a demanda dos EUA, disse o japonês. Isto poderia levar o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) a acelerar a alta de juros.

“Uma combinação de políticas keynesianas agressivas e aumento da taxa de juros iria inevitavelmente fortalecer o dólar”, disse Honda.

Um iene sustentavelmente mais fraco poderia ajudar os exportadores japoneses, o que poderia ajudar o país a sair da deflação, um ciclo negativo de quedas de preços que se arrasta desde a década de 1990. Isso aconteceria porque as empresas poderiam investir mais agressivamente e elevar os salários, disse. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

economia Japão Trump