Brasil

‘Estão achando que vou recuar’, diz Bolsonaro se referindo ao STF no CPAC

‘Estão achando que vou recuar’, diz Bolsonaro se referindo ao STF no CPAC

Presidente Jair Bolsonaro


Em discurso durante o CPAC Brasil 2021, neste sábado (4), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou o Supremo Tribunal Federal (STF), em especial o ministro Alexandre de Moraes.

No evento da direita conservadora, Bolsonaro não citou o nome da Suprema Corte, mas fez referência aos ministros e mandou o recado:

“Falar em fraude agora virou fake news. Ou eu falo o que os cara querem ou abrem inquérito contra mim. Estão achando que vão me broxar. Estão achando que vou recuar. Eu sei que está do lado deles é muito, muito fácil, mas não fugirei da verdade e nem do compromisso que fiz para com vocês”.

O presidente considerou que o ministro do STF Alexandre de Moraes está abusando do cargo e, segundo ele, “contaminando a democracia”.

“No STF, quando ministros estão saindo pela tangente, saindo da curva, o que acontece com eles? Não estou aqui criticando instituições, Câmara, Senado ou Supremo. […] Temos um ministro no Supremo que está dando um tom completamente errado. Lá, todos devem zelar pela Constituição”, disparou Bolsonaro.

“Não vou dar conselho pra ninguém do Supremo, todos são maiores de 35 anos de idade, são pessoas responsáveis. Com toda certeza temos bons ministros lá, agora este um está contaminando a nossa democracia. Este um está ignorando vários incisos do artigo 5º da Constituição. Está ignorando vários dispositivos da nossa Constituição que falam da liberdade de expressão”, completou.

Além de Bolsonaro, estiveram presentes no evento os deputados federais Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Bia Kicis (PSL-DF) e Felipe Barros (PSL-PR), do ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, do secretário de Cultura, Mario Frias, e dos ex-ministros do Meio Ambiente Ricardo Salles e das Relações Exteriores Ernesto Araújo.