Geral

Estados Unidos deportam 30 crianças brasileiras para o Haiti

Crédito: Pixabay

Ao menos 30 crianças brasileiras já foram deportadas pelos Estados Unidos para o Haiti por conta da grave crise de migração que levou cerca de 15 mil haitianos à cidade texana de Del Rio, na fronteira com o México. As informações foram dadas à BBC News Brasil.

Com idades, em sua maioria, de até três anos, as crianças estavam acompanhadas pelos pais haitianos, com quem fizeram a jornada para sair do Brasil. Eles atravessaram as Américas do Sul e Central até chegar à divisa entre México e Estados Unidos.

Por terem pais haitianos, as crianças também são vistas como haitianas segundo as leis do país caribenho. No entanto, elas não tinham documentos que comprovassem a nacionalidade.

De acordo com a Constituição Federal, por terem nascido em território brasileiro, mesmo que de pais estrangeiros, os filhos dos haitianos são considerados brasileiros. Por conta disso, eles tinham documentação brasileira.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio