Mundo

Estado Islâmico reivindica ataque a rede de energia em Cabul


O grupo militante Estado Islâmico assumiu nesta sexta-feira a autoria de uma explosão que derrubou a rede de energia e deixou a capital do Afeganistão às escuras.

O apagão de ontem representou um novo golpe no esforço dos talibãs para estabilizar aquele país, dois meses após tomar o poder.

Em comunicado divulgado por suas redes no aplicativo Telegram, o Estado Islâmico-Khorosan (IS-K) informou que “soldados do califado detonaram uma bomba em uma torre de eletricidade da capital”. A explosão afetou uma linha que distribui eletricidade importada a Cabul e outras províncias.

O Afeganistão depende da eletricidade importada dos vizinhos Uzbequistão e Tadjiquistão, o que torna as linhas de transmissão que atravessam o país um dos alvos preferidos dos rebeldes.

Os talibãs prometeram lutar contra o IS-K, mas o grupo continua a realizar ataques devastadores em todo o território afegão.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais