Geral

Estado do Rio registra menos de 150 mortes por covid-19 em 24 horas

O número de óbitos registrados nesta sexta-feira (5) por covid-19 no estado do Rio de Janeiro caiu reduziu em relação aos dois dia anteriores, quando foram notificados mais de 300 casos em 24 horas. Hoje foram 146 óbitos no estado. Na quarta-feira (3), foram 324 – recorde de óbitos pela doença no estado – e ontem (4), 317.

 De acordo  com o boletim de hoje da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, até esta sexta-feira, foram confirmados 63.066 casos e 6.473 óbitos pela covid-19 no estado. Há ainda 1.185 óbitos em investigação e 268 foram descartados. Até o momento, 47.091 pacientes se recuperaram da doença.

A capital, Rio de Janeiro, tem o maior número de casos confirmados: 35.043. Outros municípios que registram números elevados são: Niterói (3.506); Nova Iguaçu (2.017); São Gonçalo (1.965); Duque de Caxias (1.743); Itaboraí (1.383); Queimados (1.168); Angra dos Reis (1.081); Macaé (983); Campos dos Goytacazes (875);  Belford Roxo ( 856); São João de Meriti (848); Volta Redonda ( 829); Magé (786); Teresópolis (607); Maricá (589); Mesquita (557); Itaguaí (489); Petrópolis (464); Cabo Frio (424); Nilópolis (387); Três Rios (334); e Rio das Ostras (331).

Do total de 6.473 mortes, 4.309 ocorreram no município do Rio de Janeiro. Em seguida, vêm Duque de Caxias (292); Nova Iguaçu (229); São Gonçalo (217); Niterói (127); Belford Roxo (123); São João de Meriti (109);  Magé (98); Itaboraí (86); Mesquita (68);  Itaguaí (56) e Petrópolis(63).

Mais informações sobre a situação no Rio de Janeiro podem ser obtidas no painel de monitoramento de casos.

Veja também

+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior