O Dia

Estácio de Sá promove ação social para a comunidade

Dentre os serviços, a escola de samba vai dar dicas de emprego, e assistência médica e jurídica

Rio – A quadra da Estácio de Sá vai receber, neste sábado, uma ação social da Caixa de Assistência da Advocacia do Rio de Janeiro (Caarj) para disponibilizar serviços básicos à comunidade. O Caarj vai oferecer auxílio para emissão da carteira de trabalho, dicas para currículos e entrevistas de emprego na região central do Rio. Além disso, também serão ofertadas assistência médica e odontológica, avaliação nutricional, aferição de pressão, medição e glicose e colesterol, orientação sobre o câncer de mama, exames de vista e vacinação contra a gripe.
“Entendemos que a advocacia e a Justiça do Trabalho fazem parte da sociedade e precisamos estar juntos, sempre. Neste sábado, além de todos os serviços, oferecermos este clássico da dramaturgia, que estimula a liberdade, o respeito, além da alimentação saudável”, afirmou Ricardo Menezes, presidente da Caarj.
Enquanto a Caarj promove atendimento médico e jurídico, a escola de samba entra com atividades culturais para todas as idades, como oficinas de bordado, artesanato e pandeiro. Além disso, os pequenos podem acompanhar ‘Os Saltimbancos: Hortinha’, um espetáculo infantil adaptada por Chico Buarque.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ Dancinha de Miley Cyrus com namorado no TikTok viraliza e ganha versões brasileiras
+ Kawazaki suspende suas vendas na França
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior