Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

ROMA, 6 AGO (ANSA) – O Partido Democrático (PD), principal força de centro-esquerda da Itália, formalizou novas alianças neste sábado (6) para tentar fazer frente ao favoritismo da extrema direita nas eleições antecipadas de 25 de setembro.   

O acordo envolve as pequenas legendas Esquerda Italiana (SI) e Europa Verde (EV), que fazem oposição ao governo do premiê Mario Draghi e, juntas, têm cerca de 4% das intenções de voto, pouco acima da cláusula de barreira de 3%.   

“Estou feliz com esse acordo eleitoral, necessário, na nossa opinião, porque esse sistema eleitoral obriga a fazer acordos e penaliza a solidão”, afirmou o secretário do PD, Enrico Letta.   

(ANSA).