ISTOÉ Gente

Esposa de homem morto no Carrefour diz que supermercado ainda não deu suporte

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto em um Carrefour em Porto Alegre (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)


Durante uma entrevista para a Globo News, Milena Borges Alves, esposa de João Alberto Silveira Freitas, homem negro morto por dois seguranças no Carrefour em Porto Alegre, o supermercado ainda não deu nenhum suporte à ela ou à família.

Juliana Paes aparece de topless e posa para fotos fazendo stand-up paddle nas Maldivas

Globo vai testar duas repórteres para lugar de Gloria Vanique

“A polícia me prestou todo o atendimento, mas o Carrefour não me deu nenhuma assistência até agora. Não se manifestaram”, contou. Mesmo assim, a empresa disse em nota que está tentando contatar a família para dar o suporte necessário.. “Reiteramos que, para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam.”

Os suspeitos do crime são os seguranças do estabelecimento, que foram presos em flagrante e responderão por homicídio qualificado.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS