ISTOÉ Gente

Esposa de homem morto no Carrefour diz que supermercado ainda não deu suporte

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto em um Carrefour em Porto Alegre (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)


Durante uma entrevista para a Globo News, Milena Borges Alves, esposa de João Alberto Silveira Freitas, homem negro morto por dois seguranças no Carrefour em Porto Alegre, o supermercado ainda não deu nenhum suporte à ela ou à família.

Juliana Paes aparece de topless e posa para fotos fazendo stand-up paddle nas Maldivas

Globo vai testar duas repórteres para lugar de Gloria Vanique

“A polícia me prestou todo o atendimento, mas o Carrefour não me deu nenhuma assistência até agora. Não se manifestaram”, contou. Mesmo assim, a empresa disse em nota que está tentando contatar a família para dar o suporte necessário.. “Reiteramos que, para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam.”

Os suspeitos do crime são os seguranças do estabelecimento, que foram presos em flagrante e responderão por homicídio qualificado.

Veja também
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Viih Tube é elogiada por look transparente com fio-dental após ataque de haters
+ Corpo de jovem desaparecido é encontrado em caçamba de lixo
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Vídeo: família é flagrada colocando cabelo na comida para não pagar a conta
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio