Esportes

Esposa de Grosjean diz que ‘escudo do amor’ dos filhos salvou o piloto em acidente

Crédito: Reprodução Instagram

Grosjean e sua esposa (Crédito: Reprodução Instagram)

Marion Jolles GrosJean, esposa do piloto da Haas Romain Grosjean, fez uma longa publicação em seu Instagram nesta segunda-feira (30). A repórter falou sobre o acidente impressionante sofrido pelo marido no GP do Barein no último domingo (29).

Grosjean bateu logo na primeira volta contra um muro, o que causou a ruptura do tanque de gasolina e um enorme incêndio. Para piorar, o piloto ficou no meio das chamas durante quase 30 segundos, mas conseguiu escapar.

A jornalista disse em sua mensagem que um “escudo do amor” dos filhos fez com que o piloto conseguisse sair do acidente com ferimentos leves se comparado com impacto. O carro de Romain partiu em dois e o piloto ficou no Halo, uma estrutura de proteção para os pilotos.

“Grata aos nossos filhos que o tiraram do fogo. Grata pela sua coragem, sua implacabilidade, sua força, seu amor, seu treinamento físico que provavelmente também o manteve vivo. Não foi preciso um milagre ontem, porém vários. No Twitter, mencionei as palavras úteis, as palavras urgentes, para protegê-los, acima de tudo. Mencionei o ‘escudo de amor’ que o protegeu. Hoje teremos que buscar outras fórmulas, inventar outras frases sensíveis, expressar sentimentos”, relata.

Jolles contou ainda que viveu momentos de tensão e que não conseguiu dormir por conta do acidente.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

“Obviamente, não dormi noite passada. E para ser honesta, não tenho certeza do que escrever. Só sei que não há problema em escrever. Sempre me ajudou. Enfim … Esta manhã não vou mentir para vocês, as palavras não vêm facilmente. Romain vai rir, com certeza, ele que sabe como eu sou faladora. Ele, para quem sempre escrevi tanto. Eu também não sabia qual foto postar. Que imagem guardar de ontem? Aquela com as chamas? Em que seus salvadores seguram suas mãos? Os restos de seu carro? Eu coloquei esta aqui. É meio estúpido porque nós dois vestimos a mesma camiseta do GP2 com a qual eu ainda durmo às vezes. Eu teria preferido que tivesse a palavra “super-herói” em vez de “campeão”, mas se necessário faremos uma adaptação para as crianças, porque é assim que explicamos o inexplicável”, conta.

“Nós os encontraremos juntos. Graças aos homens do carro médico a Jean Todt e sua humanidade inesgotável. Obrigado a todos vocês que têm demonstrado tanto apoio, carinho e gentileza. Agradeço à família de Jules Bianchi e seu pai Philippe, em quem fico pensando. O próprio Jules. A Kevin Magnussen por suas palavras. Às equipas do Canal + pela sua delicadeza. Com certeza vou esquecer alguém, me perdoem”, completou.

Grosjean no hospital (Reprodução) (Crédito:Reprodução)

O piloto gravou um vídeo no qual ele acalma os fãs e diz que está bem. Nesta segunda, a Haas emitiu um comunicado e afirmou que Grosjean continua o tratamento para as queimaduras em ambas as mãos.

“O piloto da Haas Romain Grosjean continua seu tratamento no hospital BDF no Barein, onde ele passou a noite após ao acidente que sofreu no GP do Barein, neste domingo. O tratamento para as queimaduras que Grosjean sofreu nas costas de ambas as mãos está indo bem. O piloto foi visitado por Gunther Steiner, nesta segunda e recebeu a notícia de que receberá alta nesta terça-feira. Novas atualizações serão dadas quando tivermos mais informações”, diz o comunicado.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel