O comentarista e ex-jogador Zinho disse nesta quinta-feira (23), no programa ESPN FC, que considera um “absurdo” o valor oferecido pelo Chelsea para contratar o atacante Estêvão, de 17 anos, do Palmeiras. O negócio deve superar os 60 milhões de euros (quase R$ 350 milhões).

– Eu acho um pouco absurdo, porque o cara nem tirou as fraldas ainda. Nem jogou ainda. Como mudaram as coisas. O Estêvão não é titular absoluto do Palmeiras. Ele tem tido mais oportunidades, corresponde, faz bons jogos, mas nem é o melhor jogador do time. É um bom jogador, um garoto em formação, sendo lapidado, como estava sendo também o Endrick, que está num nível acima, hoje na Seleção Brasileira, mas é muito rápido como as coisas estão acontecendo – afirmou.

➡️Aposte R$100 e garanta R$367 no Lance! Betting se Botafogo-SP x Palmeiras terminar com quatro gols ou mais na Copa do Brasil

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

Zinho ressaltou que é muito difícil para os times brasileiros segurarem suas joias diante dos valores que são oferecidos.

– Não é só o Palmeiras. Foi o Vitor Roque no Athletico Paranaense. Eu me coloco no lugar dos dirigentes brasileiros, que quando chega uma proposta dessa, tentam negociar com a idade: ‘Ainda bem que ele não tem 18 anos’. Estão vibrando que o moleque não tem 18 anos, porque se não ia agora. Com um valor desse, como você vai segurar? Não tem como – disse.