UDINE, 25 JUN (ANSA) – O estádio Bluenergy, em Údine, se tornará o primeiro da Itália a instalar painéis fotovoltaicos na cobertura.   

O inédito sistema que integrará a casa da Udinese, que disputa a Série A, contará com mais de 2,4 mil painéis.   

“Estamos orgulhosos de ter iniciado um projeto de tamanha importância. A instalação do parque solar constitui mais um passo em frente e estabelece novos padrões de sustentabilidade, nos comprometendo com os valores que acreditamos”, celebrou Franco Collavino, CEO da Udinese.   

Os bianconeri também desejam em um futuro próximo tornar o estádio o primeiro do país a ser livre de carbono, que trará benefícios importantes para toda a comunidade.   

Conhecido como “Diamante”, o estádio da Udinese foi inaugurado em 1976 e passou por sua última grande reforma entre 2013 e 2016. O local possui capacidade para pouco mais de 25 mil pessoas e sediou três jogos da Copa do Mundo de 1990. (ANSA).