Técnico do Flamengo, Tite exaltou a vitória de sua equipe no clássico contra o Fluminense, mas principalmente o equilíbrio ofensivo e defensivo. Atualmente, o Rubro-Negro possui o melhor ataque e a melhor defesa do Campeonato Carioca.

➡️ Tudo sobre o Mengão agora no WhatsApp. Siga o nosso canal Lance! Flamengo

– Na vida, no esporte, as pessoas acham que o equilíbrio é fácil, mas é muito difícil. O primeiro tempo foi equilibrado, mas tivemos uma supremacia muito grande no segundo tempo. É uma equipe que faz mais de dois gols por jogo e é consistente defensivamente. Ela não é boa porque defende e também não é boa porque ataca, mas é boa porque é equilibrada.

Apesar da equipe estar jogando muito bem e ter um elenco recheado com jogadores de alto nível, o treinador pediu reforços para a diretoria. O comandante está pensando nos dias em que será desfalcado por conta de atletas convocados para suas seleções.

– Não só zagueiro, mas outras funções também, pois existe uma série de jogadores selecionáveis. E o Flamengo tem que ter a responsabilidade de se antecipar a situações. Temos que ter jogadores de qualidade. Esse é o ônus de uma equipe com o tamanho do Flamengo. Tem que ser bom. Com os bons que a gente fica melhor.

No fim de semana, o Flamengo encara o Madureira, pela 11ª rodada da Taça Guanabara. O Rubro-Negro precisa apenas de um empate para garantir seu primeiro título na temporada e a liderança antes da semifinal do Campeonato Carioca.

CONFIRA OUTRAS RESPOSTAS DE TITE

CONVOCAÇÃO PARA SELEÇÃO BRASILEIRA

– Todos os atletas do Flamengo estão disponíveis para a Seleção Brasileira. Não dou direito a nenhum de restringir, pois é uma forma de ascensão profissional. Que faça a escolha mais justa. Isso é reconhecimento profissional, e o Flamengo dá condições de ter peças de reposições. É garoto que está surgimento, são contratações.

IDEIAS DE FLAMENGO E FLUMINENSE

– – Flamengo e Fluminense tem duas ideias muito parecida. As duas equipes gostam da bola, do jogo. Por vezes uma que alterna ser vertical e ser incisiva, outras jogando por um lado para depois te induzir e procurar o gol pelo outro. Esse lance mostra que você faz o princípio do basquete. Você roda a bola de um lado, roda para o outro e você mexe a marcação adversária e as coberturas. Essa coordenação nessa sequência de movimentos é muito difícil de fazer. Daqui a pouco você encontra espaço de infiltração. Você não faz isso a esmo, você faz com o objetivo. Para o lado para encontrar verticalidade. Ela tem agudos, velocistas. E tem um Arrasca, De La Cruz, Pulgar, Igor (Jesus). Ela roda para o lado para depois ser vertical.

MARCAÇÕES DO FLAMENGO

– Eu queria jogar a noite. Contra toda a comissão. Porque você cansa menos, a marcação pressão alta fica com mais gás para fazer. Estabelecemos acelerar a pressão, e estivemos na iminência de fazer o gol com essa pressão alta. Esse sol derrete os caras. Você tem que fazer uma alternância de movimentos e pressão. A qualidade do Fluminense conseguia furar, mas você não pode ficar exposto, espaçado. Então fizemos uma marcação pressão média. Tem que saber jogar nesses três movimentos. Assim como nós jogamos em contra-ataque. Jogamos com jogadas de articulação e de aproximação, como foi o caso do gol. Ela procura ter essa alternância de movimentos e de altura de marcação.

NÍVEL DO CARIOCA

– Quando eu quis falar que o Carioca era o mais difícil, era do momento dos quatro grandes em relação a São Paulo, não no contexto todo. Flamengo com um grande poderio. Botafogo que esteve na iminência do título e mantendo uma estrutura. Fluminense campeão da Libertadores. E Vasco em ascensão. E em comparação com aquele momento dos quatro grandes de São Paulo, era mais difícil. Há um tempo, o Nova Iguaçu começou a fazer uma série de pontos e vimos que tinha uma equipe que estava colocando pressão e que algum grande ia sobrar. E sobrou. Fica o reconhecimento a eles pelo trabalho.

CONDENAÇÃO DE DANIEL ALVES

– Eu não posso fazer julgamento não tendo todos os fatos e informações verdadeiras. Posso falar conceitualmente. Conceitualmente, todo erro deve ser punido. Mas não sou julgador e não tenho todos os fatos. Há uma etapa de um profissional que trabalhou comigo. Agora existem outras etapas profissionais e pessoais que ele exerce e que eu também não conheço e não posso julgar. Quando eu fui em uma entrevista coletiva que houve um problema com Neymar, foram 24 perguntas e tive que responder 18 sobre um suposto… E eu disse a mesma coisa para vocês. Quem erra, deve ser punido. Foi assim que fui educado.

MATHEUS GOLÇALVES

– Não dá para comparar o Cebolinha com o Matheus Gonçalves, pois são características diferentes. Um é articulador, e o outro é atacante de lado. São funções diferentes que eles podem exercer. Podemos comparar o Matheus com o Victor Hugo. Mas o Victor vinha sendo muito utilizado antes da minha chegada e também exercendo essa função. Tem um processo evolutivo dele também. Victor entrou bem, teve na iminência de fazer gol duas vezes. Com calma, ele vai ter a oportunidade também.