O zagueiro Thiago Silva, do Chelsea, detonou a arbitragem do duelo entre Manchester City e Chelsea pela semifinal da Copa da Inglaterra. Os Blues foram derrotados por 1 a 0 e acabaram eliminados da competição.

➡️ A boa do Lance! Betting: vamos dobrar seu primeiro depósito, até R$200! Basta abrir sua conta e tá na mão!

A bronca do jogador seria um pênalti não marcado para o Chelsea no segundo tempo do jogo, quando a partida ainda estava empatada por 0 a 0. No lance, Cole Palmer cobrou falta na entrada da área e a bola desviou no braço de Grealish dentro da área. O árbitro Michael Oliver ignorou as reclamações e não assinalou a penalidade.

– Eu acho que é uma sacanagem, com todo o respeito. Na hora não foi visível para mim, eu estava dentro da área. Depois que o VAR chamou lá em cima, eu pensei: ‘será que bateu (na mão) realmente?’, porque eles abriram a barreira. A bola passou no meio – disse o defensor em entrevista à TNT Sports na zona mista do estádio de Wembley.

Na visão do zagueiro, o árbitro deveria ter ido ao monitor do VAR para conferir o lance novamente. Vale destacar que a jogada foi revisada pela equipe de arbitragem de vídeo antes que a bola voltasse a rolar.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

– Eu não gosto de falar de arbitragem, ainda mais que a gente perdeu e parece uma desculpa. Mas eu acho que o juiz poderia parar (o jogo) e ter ido lá olhar, porque, de repente, ele nem percebeu na hora. Se teve análise, é porque realmente tocou. Então, vai lá tirar a conclusão, né? – argumentou o brasileiro.

– Se ele achou que não foi (no campo), e depois foi ver a ação (no VAR), por mais que ele diga ‘é comigo essa (decisão) e não foi pênalti’, beleza. Mas vai olhar, tirar uma conclusão. Essa é a indignação nossa – concluiu Thiago Silva.