O jornalista esportivo Paulo Vinicius Coelho, o PVC, colunista do UOL, analisou a estreia frustrante do Brasil na Copa América. Segundo ele, o empate da Seleção com a Costa Rica em 0 a 0 foi “pobre” e mostrou que será preciso muito trabalho para montar a equipe até a Copa do Mundo.

PVC citou a transição de uma geração para outra e a espera para que Vinicius Júnior e Rodrygo sejam os protagonistas como no Real Madrid.

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

– Time ruim enterra jogador bom e, por enquanto, não há time. Há ideias de Dorival Júnior, algumas repetidas, como João Gomes à esquerda do meio de campo, como no Flamengo de 2022, ou Arana alargando o campo pela esquerda, como Wellington fazia no São Paulo de 2023 – analisou.

O jornalista também ressaltou que as ideias precisam se renovar e a equipe, se construir.

– É bem provável que não dê tempo na Copa América, em que será mais fundamental evitar vexame do que ganhar o título. Favoritos são Uruguai, Argentina e Colômbia, nesta ordem. Obsessão tem de ser a Copa do Mundo. A estreia pobre contra a Costa Rica mostrou que haverá muito trabalho para chegar bem até lá – concluiu.