Um pai e seu filho, detidos na Alemanha por tentativa de chantagear a família do ex-piloto Michael Schumacher, disseram a pessoas do círculo da lenda da Fórmula 1 que possuem informações comprometedoras sobre ele, segundo informou nesta segunda-feira (24) a Procuradoria de Wüppertal. Schumacher, de 55 anos, sofreu um traumatismo craniano há mais de 10 anos.

De acordo com o comunicado, os dois homens exigiram uma compensação milionária para não divulgar essas informações na Deep Web (internet profunda). A informação foi publicada pelo “O Globo”.

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

Eles compareceram na quinta-feira (20) diante de um juiz e foram presos preventivamente. A pena pelo delito de chantagem na Alemanha pode chegar a cinco anos de prisão.

Sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, Schumacher sofreu um traumatismo craniano enquanto esquiava na França, em dezembro de 2013. O ex-piloto recebeu alta após ficar seis meses em coma em um hospital e passou a receber atendimento médico em casa, mas há poucas informações sobre seu estado de saúde.