A Globo terá que pagar cerca de R$ 9,9 milhões ao Procon-SP por conta de uma propaganda considerada enganosa do Campeonato Brasileiro de 2019. Segundo a “Folha de São Paulo”, o órgão entrou com ação contra a emissora há cinco anos e pediu à Justiça a execução da condenação.

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

De acordo com o Procon, há cinco anos, a Globo anunciou a propaganda com todos os jogos do Campeonato Brasileiro de 2019. No entanto, a emissora ainda não havia acertado os direitos de transmissão com Palmeiras e Athletico Paranaense antes da publicidade ser veiculada.

Os jogos do Palmeiras só passaram a ser exibidos pela emissora a partir da 6ª rodada daquele ano, enquanto os do Athletico Paranaense em casa sequer foram exibidos. O Tribunal de Justiça de São Paulo julgou o caso em última instância em 2022 e condenou a Globo por “propaganda enganosa”.

➡️Entenda por que Milton Leite não está nas coberturas de Eurocopa e Copa América

Relator do caso, o desembargador Oswaldo Luiz, afirmou que a propaganda “malferiu o direito pertencente ao consumidor de obter informação prévia, clara e adequada sobre o serviço”. O magistrado ainda citou “conteúdo parcialmente falso, capaz de induzir em erro o consumidor”.