Pela primeira vez desde que chegou ao Corinthians, Carlos Miguel pode ser titular em duas partidas consecutivas, algo que ainda não aconteceu com o goleiro de 25 anos.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Cássio teve um trauma no quadril durante o Dérbi com o Palmeiras pelo Palmeiras e é dúvida para o confronto desta quinta-feira (22), contra o Cianorte, pela primeira fase da Copa do Brasil. Além disso, o capitão corintiano foi expulso após dividida com Rony, e não poderá atuar contra a Ponte Preta, no domingo (25), pelo Paulistão.

Apesar dos rumores, a diretoria do Timão jamais teve a intenção de negociar Carlos Miguel durante a janela, e confia planemente que o camisa 22 é o substituto ideal de Cássio na meta corintiana.

– Nunca se cogitou isso (do Carlos sair). Ao contrário, ele está muito feliz no Corinthians. E nosso grande time já começa pelos dois melhores goleiros do país. Ou seja, os melhores goleiros da América do Sul. Não tenho dúvidas disso – declarou o presidente Augusto Melo em janeiro.

➡️ Veja os grupos e datas dos confrontos no Paulistão

Na negociação que levou Ivan ao Internacional, o Corinthians conseguiu adquirir mais 20% dos direitos econômicos de Carlos Miguel, sendo dono de 100%. O goleiro tem contrato com o Timão até o final de 2025.