Cultura

Especialista explica perigos do desafio de aspirar uma camisinha pelo nariz

Uma brincadeira virtual que voltou à tona ressalta os limites do que se deve fazer para ganhar destaque na internet: aspirar uma camisinha pelo nariz até ela sair pela boca. O desafio preocupa porque pode causar danos à região do nariz e garganta e, em alguns casos, levar à morte.

O E+ conversou com Fábio Lorenzetti, otorrinolaringologista da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial sobre os perigos da prática.

“O maior risco é, durante o processo, a pessoa aspirar o preservativo e ele ir para a via aérea inferior, na região da laringe ou da traqueia, a ponto de obstruir a passagem de ar e ter uma parada respiratória, podendo levar a óbito”, disse o médico.

Não é a primeira vez que jovens reproduzem o desafio. Há relatos de pessoas praticando-o desde 2007. Em 2013, ele voltou a ser praticado após uma youtuber postar sua versão da brincadeira.

Lorenzetti ainda ressaltou complicações menores, como o risco de fragmentos do preservativo ficarem presos em alguma região do nariz e isso ocasionar uma infecção local ou irritação. Há também o perigo de causar ferimentos à mucosa da garganta ou do nariz, o que ocasionaria sangramento.

Outros desafios feitos para ganhar likes e visualizações, mas que colocam a saúde de seus praticantes em perigo, ganharam destaque recentemente. É o caso do desafio da água quente, que levou à morte uma menina de oito anos, e o desafio de comer detergente.