Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

PARIS (Reuters) – Uma escultura de “O Pensador”, do artista Auguste Rodin, uma das obras de arte mais icônicas do mundo, foi vendida por 10,7 milhões de euros em um leilão em Paris nesta quinta-feira.

A casa de leilões Christie’s havia estimado que a escultura, uma das cerca de 40 peças autênticas feitas por Rodin, seria vendida por um valor entre 9 milhões e 14 milhões de euros. O recorde para uma escultura de “Pensador” foi estabelecido em um leilão da Sotheby’s em Nova York em 2013, quando uma peça foi vendida por 15,3 milhões de dólares.

Quando foi concebido por Rodin em 1880, em seu tamanho original de aproximadamente 70 cm, “O Pensador” era chamado de “O Poeta”, e foi pensado como um elemento para coroar a “Porta do Inferno”, outra grande obra do escultor francês.

A escultura inicialmente representava Dante, o poeta medieval italiano e autor da Divina Comédia, ao se inclinar para a frente para observar os círculos do Inferno, enquanto meditava sobre seu trabalho.

Embora tenha continuado em seu lugar na monumental Porta do Inferno, “O Pensador” foi exibido individualmente em 1888 e se tornou então uma obra independente.

A estátua foi ampliada em 1904, e versões monumentais em tamanho real da obra, como a que está em exibição no Museu Rodin, em Paris, se mostraram ainda mais populares, com a imagem de um homem perdido em pensamentos, mas cujo corpo musculoso sugere uma grande capacidade de ação.

A peça vendida nesta quinta-feira pela Christie’s foi do tamanho do modelo original.

(Reportagem de Clotaire Achi)

((Tradução Redação Rio de Janeiro))

REUTERS PF

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI5T10I-BASEIMAGE