Cultura

Escritora da série ‘As Sete Irmãs’, Lucinda Riley morre aos 55


ROMA, 11 JUN (ANSA) – A escritora irlandesa Lucinda Riley, considerada a “rainha” do romance pela série “As Sete Irmãs”, faleceu nesta sexta-feira (11), aos 55 anos, em decorrência de um câncer.   

A notícia foi confirmada em nota oficial divulgada pela família da autora. A data e o local do funeral não foram revelados.   

“É com grande pesar que informamos que Lucinda faleceu esta manhã em paz, rodeada de uma família que era a coisa mais importante para ela”, diz o comunicado.   

De acordo com os familiares, a informação é “um choque terrível para muitas pessoas, que não sabiam que Dawn estava lutando contra um câncer nos últimos quatro anos”.   

Nascida em Lisburn, na Irlanda do Norte, em 1966, Riley mudou-se para Londres na adolescência para estudar teatro, mas logo depois começou a escrever, publicando seu primeiro romance em 1992.   

Com mais de 30 milhões de cópias vendidas, seus livros tornaram-se best-sellers em todo o mundo. Além da série “As Sete Irmãs”, publicada na Itália pela Giunti, Riley escreveu “A Sala das Borboletas”, “A Rosa da Meia-Noite” , “A Casa das Orquídeas”, entre outros livros de sucesso. (ANSA)

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Sabrina Sato mostra corpo musculoso em clique na floresta
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago