Cultura

Escritor Milan Kundera recupera cidadania checa depois de 40 anos

Milan Kundera, autor de A Insustentável Leveza do Ser, recuperou a cidadania checa que foi retirada dele há 40 anos. O embaixador checo na França, Petr Drulak, disse à uma emissora de TV pública checa que entregou uma certidão de cidadania ao escritor na semana passada, em Paris.

Kundera se encontrou com o primeiro-ministro Andrej Babis no ano passado. O escritor de 90 anos fugiu da então Checoslováquia comunista e vive na França desde 1975. Ali, escreveu suas obras mais conhecidas, como O Livro do Riso e do Esquecimento, A Arte da Novela e A Imortalidade. Suas obras posteriores, escritas em francês, foram traduzidas para o checo. Kundera vive recluso, só viaja para seu país incógnito e jamais fala com a imprensa. Fonte: Associated Press.

Veja também

+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ 5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
+ A história da Rural e da picape F-75, avós dos SUVs brasileiros
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior