Em Cartaz

Erotismo sob análise

Crédito: Ronaldo Gutierrez

Em busca de repertórios do passado nunca montados no Brasil, o Grupo Tapa apresenta o drama “Anatol” do austríaco Arthur Schniztler (1862-1931). A peça foi inspirada nas ideias da psicanálise de Sigmund Freud, amigo de Schniztler. Dividida em seis partes, ela acompanha os dilemas e pecados de um Don Juan que ataca mulheres frágeis. A direção é de Eduardo Tolentino de Araújo. Teatro João Caetano (SP), até 26/8.