ISTOÉ 2016

Equipes de canoagem de Romênia e Bielo-Rússia são banidas de Rio-2016 por doping

A Confederação Internacional de Canoagem (ICF) baniu, neste sábado, as equipes de velocidade da Romênia e da Bielo-Rússia dos Jogos Olímpicos do Rio-2016 por conta de um esquema de doping. A punição ainda tira os dois países de competições por um ano.

De acordo com anúncio da ICF, a punição tem efeito imediato. O presidente da entidade, José Perurena, mostrou uma postura rigorosa contra as fraudes. “Nós faremos tudo que está ao nosso alcance para remover os trapaceiros do nosso esporte”, comentou.

As vagas olímpicas deixadas com a saída dos romenos e bielo-russos serão redefinidas na próxima segunda-feira, após reuniões entre o Comitê Olímpico Internacional (COI) e os comitês olímpicos nacionais.

De acordo com a ICF, o “doping sistêmico” da equipe romena com Meldonium, um remédio para o coração que está entre as substancias proibidas desde janeiro, foi comprovado quando 11 atletas testaram positivo em uma concentração de treinos no mês de abril.

Já a Bielo-Rússia foi punida após cinco membros da equipe violarem as leis antidoping em uma concentração de treinamentos na França. Este caso está sendo conduzido como objeto de uma investigação criminal.