Esportes

Equador x Brasil: prováveis escalações, suspensos e onde assistir ao duelo válido pelas Eliminatórias

No confronto, que acontecerá nesta quinta-feira (27) em Quito às 18h (de Brasília), Tite aproveitará para lançar Coutinho no meio e Raphinha, Vinicius Júnior e Cunha na frente

Equador x Brasil: prováveis escalações, suspensos e onde assistir ao duelo válido pelas Eliminatórias

enquanto Equador está na terceira colocação (Lucas Figueiredo)

A Seleção Brasileira parte para mais um de seus últimos compromissos nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Já classificada para o Mundial de 2022, a equipe encara o Equador nesta quinta-feira, às 18h (de Brasília), no Estádio Casa Blanca, em partida válida pela décima-quinta rodada. O técnico Tite promoverá testes na equipe amarelinha.


A partida será disputada sem público. O aumento de casos de Covid-19 fez o governo equatoriano determinar a mudança.

Em um momento no qual promete “oportunizar” jovens na Seleção, Tite abre espaço para o lateral-direito Emerson Royal, o zagueiro Militão e o trio Raphinha, Vinicius Júnior e Matheus Cunha. Além disto, Coutinho voltará a ter chance como titular devido à suspensão de Paquetá.

Do lado do Equador, o técnico Gustavo Alfaro deposita as fichas no setor ofensivo com Ayrton Preciado, Plata e o centroavante Enner Valencia. A equipe está na terceira colocação, com 23 pontos, e procura se distanciar de Colômbia e Peru para garantir seu passaporte para o Qatar.

FICHA TÉCNICA

EQUADOR x BRASIL

Data-Hora: 26-01-2022 – 18h (de Brasília)
Estádio: Estádio Rodrigo Paz Delgado (Casa Blanca), em Quito (EQU)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e John Leon (COL)
VAR: Leodán González (URU)
Onde assistir: Rede Globo e SporTV. O LANCE! faz o tempo real da partida.

EQUADOR: Alexander Domínguez; Angelo Preciado, Felix Torres, Piero Hincapié e Pervis Estupiñan; Gruezo, Jhegson Mendez e Franco; Ayrton Preciado, Prata e Enner Valencia. Técnico: Gustavo Alfaro.

Suspenso: Castillo

BRASIL: Ederson (Alisson); Emerson Royal, Éder Militão, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Coutinho; Vinicius Júnior, Raphinha e Matheus Cunha. Técnico: Tite

Suspensos: Paquetá e Fabinho