Esportes

Equador derrota Itália e conquista o terceiro lugar do Mundial Sub-20 na Polônia

A seleção do Equador conquistou o terceiro lugar no Mundial Sub-20, disputado em Gdynia, na Polônia, nesta sexta-feira, ao vencer a Itália por 1 a 0, na prorrogação, após empate sem gols no tempo normal. O gol dos atuais campeões sul-americanos da categoria foi marcado por Richard Mina, aos 14 minutos da etapa inicial do período extra de partida.

Esta foi a melhor colocação do Equador na história da competição, na qual venceram os rivais desta sexta pela primeira vez. Os italianos, terceiros colocados do torneio em 2017, na Coreia do Sul, não conseguiram repetir o lugar no pódio desta edição seguinte do evento.

O Equador, que havia perdido para o adversário, por 1 a 0, na fase de grupos, iniciou o confronto no ataque, mas foi bloqueado pela forte defesa italiana. A insistência dos sul-americanos, principalmente pela esquerda com Diego Palacios, levou os europeus a cometeram várias faltas, que acabaram punidas pelo árbitro espanhol Jesús Gil Manzano. Antonio Candela e Gustavo Vallecilla receberam cartão amarelo.

O Equador permaneceu melhor na segunda etapa. Leonardo Campana chegou a acertar a trave esquerda do gol italiano, enquanto Diego Palacios forçou o goleiro Marco Carnesecchi a fazer bela defesa.

Na prorrogação, a Itália poderia ter aberto o placar logo aos dois minutos, mas o goleiro Moisés Ramírez defendeu uma cobrança de pênalti, batido por Marco Olivieri. E os italianos sofreram o castigo no fim do primeiro tempo extra, quando Richard Mina foi oportunista para fazer o único gol do jogo.

Ucrânia e Coreia do Sul disputam neste sábado, às 13 horas (de Brasília), na cidade polonesa de Lodz, o título do Mundial Sub-20. Independentemente do vencedor, a categoria terá um campeão inédito, pois, com exceção da Itália, as demais seleções semifinalistas jamais haviam alcançado esta fase da competição.