Saúde da mulher

Entenda por que suas camisinhas podem estar se rompendo

Crédito: Pexels

Por sua praticidade, baixo custo e falta de intervenção hormonal, a camisinha é um dos métodos contraceptivos mais famosos em todo o mundo. Além de evitar uma gravidez não planejada, ela ainda previne a contração de diversas ISTs (infecções sexualmente transmissíveis). Esses benefícios, no entanto, só funcionam se ela estiver intacta. 

+ Sexo lésbico: como se prevenir de ISTs


+ 28 perguntas sobre a primeira vez no sexo

É normal que as camisinhas se rompam (ou “estourem”) ocasionalmente. Mas se isso acontece a cada relação sexual, você ou seu(ua) parceiro(a) podem estar cometendo erros que estão lhes colocando em risco. Saiba quais com informações da “Popsugar”. 

• O preservativo está vencido: As embalagens de preservativos têm uma data de validade. Atente-se à ela.

• Problemas de armazenamento: O calor danifica os preservativos de látex, então eles não devem ser mantidos em locais quentes (como no porta-luvas ou na carteira). Mantenha-os em um armário de remédios ou na mesa de cabeceira.

• Falta de lubrificação: O atrito sem lubrificação durante o sexo não apenas causará dor e irritação na vagina e/ou no ânus, mas o preservativo também poderá se romper. Portanto, certifique-se de usar preservativos lubrificados ou géis lubrificantes.

• Você está usando o lubrificante errado: Os lubrificantes à base de óleo podem enfraquecer preservativos à base de látex e causar um rasgo. Portanto, escolha os que sejam à base de água.

• A camisinha não é do tamanho certo: Se o preservativo for muito pequeno ou muito grande, ele pode rasgar. Você e seu(ua) parceiro(a) devem experimentar preservativos de diferentes tamanhos até obter um ajuste confortável.

• Há muita fricção: Os músculos vaginais de algumas pessoas são naturalmente justos e tensos, portanto, para ajudar a evitar a ruptura do preservativo (e o desconforto), a lubrificação é essencial.