Saúde da mulher

Entenda o que realmente acontece quando você acorda um sonâmbulo

Crédito: Pixabay

A maioria das pessoas já ouviu dizer que não se pode acordar um sonâmbulo. Mas você conhece as razões para isso? Entenda com informações do “IFL Science”.

+ Calculadora do sono: quantas horas de sono você precisa, de acordo com a faixa etária


+ Síndrome de Burnout pode ser confundida com distúrbios do sono; aprenda a diferenciar os sintomas

De acordo com o especialista em sono da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, Mark Mahowald, essa ideia é antiga. Ao “LiveScience”, ele explicou que trata-se da crença de que a alma de uma pessoa deixa seu corpo enquanto ela dorme, e acordá-la sonâmbula faria com que ela vagasse pela Terra sem alma. 

Assim como a crença antiga, os rumores de que acordar um sonâmbulo pode levá-lo a entrar em coma ou ter um ataque cardíaco não estão corretos. No entanto, isso também não significa que você deva acordá-lo.

“Quando uma pessoa está sonâmbula, ela fica presa entre o sono profundo e o sono leve. Se você tentar acordá-la, ela ficará muito confusa e desorientada”, explicou a pediatra Harriet Hiscock, do Murdoch Children’s Research Institute, na Austrália. E completa: “Você não vai causar um ataque cardíaco ou matá-la, mas ao tentar acordá-la — o que geralmente é muito difícil de fazer — você pode deixá-la muito agitada.”

Embora desorientador, o sonambulismo não é prejudicial à saúde, de acordo com o pneumologista e especialista em medicina do sono Raghu Reddy. O profissional explica que a condição pode causar problemas devido a questões de segurança, como sair de casa, pular pela janela, usar isqueiros e facas de cozinha e esbarrar em objetos pontiagudos.

Ao longo dos anos, casos extremos de sonambulismo já foram relatados — como a garota de 15 anos, em 2005, que escalou um guindaste de 40 metros em Londres, na Inglaterra. Felizmente, ela foi resgatada sem nenhum dano. E embora acordar sonâmbulos em circunstâncias tão extremas — ou se você acredita que eles podem se machucar, mesmo sem encontrar um guindaste gigante — provavelmente seja justificável, você ainda deve fazê-lo com cuidado.

“Não há consenso sobre qual é a melhor abordagem quando se encontra um paciente sonâmbulo. Não é perigoso acordá-lo, mas os especialistas que desencorajam a atitude citam-na como malsucedida e que leva à desorientação do paciente”, acrescenta Raghu, que recomenda que você apenas tente levar o sonâmbulo de volta para a cama sem fazer tentativas forçadas. “Se não tiver sucesso, apenas observe atentamente para garantir sua segurança e tente novamente depois de algum tempo”, finaliza.

O sonambulismo geralmente acontece durante a infância e é algo que se resolve por si só. No entanto, se você sofre regularmente com a condição, é válido buscar tratamento médico.