Geral

Empresário morre após esposa militar atirar contra ele e simular assalto em SP

Crédito: Reprodução

Um empresário morreu após passar mais de 50 dias internado após ter sido baleado pela espoa. O crime aconteceu em Praia Grande, no litoral de São Paulo. As informações são do g1.

Bruno Piva Júnior, de 52 anos, foi baleado pela mulher, que é tenente dentista no Exército, em dezembro de 2021. Ela chegou a ser presa em flagrante após atirar contra ele.


Ao ser questionada pela polícia, a mulher disse que houve uma tentativa de roubo e que não possuía arma. Segundo ela, o autor dos disparos teria fugido da residência.

No entanto, durante as buscas em sua casa, a polícia encontrou uma pistola embaixo de um veículo estacionado na garagem. Confrontada, ela admitiu o frime e disse que seu companheiro possuía uma arma longa e munição para outra escola.