Economia

Embraer entrega primeiro jato Praetor 600 à Flexjet

A Embraer informou que entregou o primeiro jato de uma frota de Praetor 600 para a Flexjet. A aeronave será utilizada na expansão das operações da empresa na Europa. Em nota, a fabricante brasileira lembra que a Flexjet é o cliente frotista de lançamento dos modelos Praetor, tendo recebido o primeiro Praetor 500 há menos de um ano, em dezembro de 2019.

O negócio, avaliado em aproximadamente US$ 1,4 bilhão, foi anunciado no NBAA-BACE 2019 e compreende uma frota de Praetor 600, Praetor 500 e Phenom 300.

“Estamos honrados em continuar a executar nosso compromisso com a Flexjet, nosso estimado parceiro de mais de 17 anos, com a entrega deste primeiro Praetor 600”, destacou na nota o presidente & CEO da Embraer Aviação Executiva, Michael Amalfitano.

Em 2003, a Flight Options – que se fundiu com a Flexjet em 2015 – tornou-se o primeiro programa de propriedade compartilhada a introduzir o jato executivo Legacy em sua frota.

Em 2010, eles introduziram o Phenom 300 e, em 2012, a empresa recebeu a 100a unidade produzida do Phenom 300.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Em 2015, a Flexjet tornou-se a primeira empresa de propriedade compartilhada a oferecer o Legacy 500, recebendo mais tarde o milésimo jato executivo entregue pela Embraer, um Legacy 500, em 2016. O Legacy 450 então se juntou à frota de jatos Flexjet em 2016.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel