Brasil

Embaixador dos EUA fará teste para coronavírus após almoço com Bolsonaro

Crédito: Divulgação

O Embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, fará o teste para o novo coronavírus. No sábado (4), ele participou de um almoço com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que fez o teste na segunda-feira (6), após apresentar alguns sintomas leves da doença.

Em nota divulgada nas redes sociais, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil informou que Chapman não apresenta nenhum sintoma, mas está tomando precauções e seguirá os protocolos de rastreamento do Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos EUA.

“Nossos dois governos mantêm comunicação contínua, incluindo sobre esse caso. Desejamos as melhoras ao presidente Jair Bolsonaro”, diz a nota. Além de Chapman, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e outros cinco ministros também estiveram presentes no almoço do dia 4 de julho.

De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação Socia, na segunda-feira (6), o presidente apresentou febre e foi levado para fazer exames no Hospital das Forças Armadas. Ao retornar ao Palácio da Alavorada, disse a apoiadores que tinha ido ao hospital por suspeita de Covid-19. Ele afirmou ainda que está tomando hidroxicloroquina.

 

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago