Brasil

Embaixada faz ‘censo’ de pesquisadores italianos no Brasil


SÃO PAULO, 14 ABR (ANSA) – A Embaixada da Itália em Brasília realiza nesta quinta-feira (15) um evento virtual para apresentar os resultados do 1º censo dos pesquisadores italianos que vivem no Brasil e em que áreas eles atuam.   

O seminário começa às 15h com as falas do embaixador italiano no país, Francesco Azzarello, do pesquisador italiano que atua na Secretaria de Pesquisa e Formação Científica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Vincenzo Maria Lauriola, e do conselheiro científico da Embaixada, Fabio Naro.   

O estudo em si será apresentado pelo responsável da Associação dos Pesquisadores Italianos no Brasil, Marco Ianniruberto. Após a exposição, será aberto um espaço para o debate.   

Segundo a Embaixada, “a presença dos pesquisadores italianos no Brasil é antiga e conhecida, mas, até hoje, sempre faltou um verdadeiro censo de quantos são, em quais instituições trabalham e o que fazem”. A data escolhida também é especial, já que o dia 15 de abril marca o dia da Pesquisa Italiana no Mundo. (ANSA).   


+ Casal posta fotos nus em pontos turísticos e ganha fama na web
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS