Esportes

Em retorno ao tênis após quase 8 anos, Kim Clijsters perde na estreia em Dubai

Ex-número 1 do mundo e dona de quatro títulos de Grand Slam, Kim Clijsters está de volta ao circuito profissional da WTA depois de quase oito anos. Em seu segundo retorno ao tênis, a belga de 36 anos não disputava uma competição oficial desde o US Open de 2012 e não deu sorte nesta segunda-feira. A espanhola Garbiñe Muguruza, vice-campeã do Aberto da Austrália em janeiro, fez valer seu melhor momento e venceu o confronto pela primeira rodada do Torneio de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos por 2 sets a 0 – com parciais de 6/2 e 7/6 (8/6), em 1 horas e 37 minutos de partida.

Esta já é a terceira fase da carreira de Kim Clijsters no tênis profissional. Ela parou de jogar pela primeira vez em 2007 antes do nascimento de sua primeira filha, Jada, e voltou a atuar em 2009. Depois de mais três anos no circuito, parou novamente para se dedicar à família. Atualmente tem três filhos.

Também ex-número 1 do ranking e atualmente na 16.ª colocação, Muguruza terá de esperar para saber quem será sua rival nas oitavas de final. Ela sairá do confronto entre a russa Veronika Kudermetova, 39.ª do mundo, e a jovem ucraniana Dayana Yastremska, de 19 anos e 26.ª colocada.

Em outros jogos desta segunda-feira, destaque para a vitória da belga Elise Mertens, 23.ª do ranking, sobre a chinesa Qiang Wang por fáceis 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/0. Sua próxima adversária sairá do duelo entre a grega Maria Sakkari e a bielo-russa Aryna Sabalenka. Outras vencedoras foram a checa Barbora Strycova e a tunisiana Ons Jabeur.

Na chave de duplas, a brasileira Luisa Stefani e a norte-americana Hayley Carter estrearão nesta terça-feira. A dupla, que fez oitavas de final no Aberto da Austrália e foi campeã em Newport Beach, nos Estados Unidos, enfrenta a parceria formada pela checa Lucie Hradecka e a eslovena Andreja Klepac. Este será o primeiro evento Premiere de Stefani, competição seleta que só perde em importância aos quatro Grand Slams.

“Nunca joguei contra e nem treinei com elas. Conversamos sobre o jogo, assistimos vídeos para saber mais sobre elas. Elas são experientes e jogam bem, então será mais questão da gente fazer o que tem que fazer, treinamos bem. Hayley chegou ontem (domingo) de condições bem diferentes (veio de São Petersburgo, na Rússia), eu também vinha do Brasil, mas treinamos bem e fizemos vários pontos com outras duplas. Agora vamos que vamos. Torneio grande, legal e vamos buscar aproveitar essa atmosfera e o embalo dos outros torneios”, disse Stefani.