Esportes

Em nota, Globo confirma consulta do Fluminense sobre transmissão da final da Taça Rio e resguarda clube

Emissora afirmou que, como rescindiu contrato da competição, Flu está livre para transmitir o jogo em seus canais oficiais

Em nota, Globo confirma consulta do Fluminense sobre transmissão da final da Taça Rio e resguarda clube

A Globo emitiu um comunicado oficial na noite desta quarta-feira para tirar as dúvidas do imbróglio sobre a transmissão da final da Taça Rio. A emissora confirmou que foi consultada pelo Fluminense sobre a transmissão, e que como rescindiu o contrato, liberou o clube para exibir a partida.

A nota ainda reitera que o clube das Laranjeiras, segundo a MP 984/20, tem o direito de transmitir a partida como mandante, já que a emissora rescindiu o contrato de transmissão do Campeonato Carioca e optou por não exibir o jogo.

– Em relação à ação julgada hoje pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), que estabeleceu mando compartilhado da final da Taça Rio, a Globo esclarece que na segunda-feira, dia 6, após o sorteio que definiu o Fluminense como mandante da final da Taça Rio, o clube consultou a Globo para se certificar ded que não havia impedimento para uma transmissão da partida pela FluTV. A Globo reiterou que o contrato que tinha com a Ferj e os clubes, relativo ao Campeonato Carioca, já havia sido rescindido por quebra de exclusividade. Portanto, o clube estaria livre para transmitir os jogos em plataforma própria ou autorizar a transmissão por terceiros, segundo prevê a MIP 984/20, que garante o direito ao mandante da partida – diz a emissora em nota.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

O TJD concedeu uma liminar na tarde desta quarta-feira e mudou o mando da final da Taça Rio para ser compartilhado, deixando, juridicamente, o Flamengo resguardado juridicamente para transmitir a partida. A medida foi amplamente criticada nas redes sociais por torcedores e jornalistas, já que o mesmo ocorreu nas semifinais da competição e nada aconteceu.

O Flamengo, que se manifestou oficialmente chamando de ‘absurdo’ a ideia do mando ser exclusivo do Fluminense, emitiu uma última nota no fim desta quarta-feira afirmando que só faria a transmissão do jogo caso tanto Fluminense e a Globo não o fizessem. A postura da diretoria rubro-negra contradiz a de alguns dias atrás, já que o clube apoiou publicamente a criação da Medida Provisória que altera o esquema de direitos televisivos no Brasil, dando direitos exclusivos de exibição somente ao mandante do jogo e não aos dois clubes envolvidos.

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?