Mundo

Em missa para milhares de fiéis,Papa lembra de vítimas da guerra


IRBIL, 7 MAR (ANSA) – No maior e último evento de sua viagem ao Iraque, o papa Francisco celebrou neste domingo (7) uma missa para cerca de 10 mil pessoas no estádio Franso Hariri, localizado em Irbil. Durante sua homilia, lembrou do sofrimento das vítimas da guerra e pediu que os iraquianos não busquem por vingança.   

“Aqui no Iraque, quantos de vocês têm irmãos, irmãs, amigos e cidadãos que trazem as feridas da guerra e da violência, feridas que são visíveis e invisíveis. A tentação de querer responder com a violência humana, com a sabedoria humana é grande, mas ao invés disso, devemos seguir a sabedoria de Deus que foi mostrada na cruz”, disse aos presentes.   

Segundo o Pontífice, Jesus nunca quis mostrar o seu poder através de atos de força, mas sim pelo seu sacrifício. “Como é fácil cair na armadilha de que precisamos mostrar para os outros que somos fortes. Mas, é o contrário. Todos nós temos a necessidade da potência e da sabedoria de Deus que foi mostrada na cruz”, acrescentou.   

Ressaltando mais uma vez que a vingança não é a resposta, ao contrário, que ela poderá levar a um conflito “sem fim” , Jorge Mario Bergoglio acrescentou que um dos motivos que o fez ir para o Iraque era para dar apoio à comunidade cristã local.   

“Mesmo em meio à pobreza e às dificuldades, muitos de vocês ofereceram ajuda àqueles que estavam sofrendo. Esse foi um dos motivos que me fez vir até aqui nessa peregrinação para agradecer-vos pessoalmente. Aqui posso por as mãos e ver o sinal de Cristo através de vocês”, disse. Quando essa parte do discurso foi traduzida, os fiéis ovacionaram o líder católico.   


+ MS: Homem que revelou amante pouco antes de ser intubado deixa UTI-covid
+ Ratinho critica Dudu Camargo: ‘Só o Silvio gosta dele’



A missa no estádio – que tem capacidade de até 30 mil pessoas, mas que recebeu 10 mil por conta das regras sanitárias da pandemia de Covid-19 – foi a primeira em que Francisco apareceu sem estar em um carro blindado. O tradicional Papamóvel foi usado para a entrada do chefe da Igreja Católica no local e para saudar os fiéis que estavam no gramado e nas arquibancadas.   

Apesar das cadeiras estarem posicionadas de maneira separada, muitas foram as pessoas que não estavam usando máscaras de proteção durante a celebração.   

Após a missa, o Papa se dirigirá novamente para Bagdá, onde ficará até a manhã desta segunda-feira (8), quando retornará para o Vaticano. (ANSA).   

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Descoberta no deserto do Kalahari leva a revisão da origem humana
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS