Esportes

Em Maracanã com bom público, Flu tenta fazer história e Fla mira líder


Fluminense e Flamengo vão se enfrentar por objetivos distintos neste sábado, às 19h, no Maracanã, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de se aproximar de uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, o time das Laranjeiras pode, pela primeira vez, desde 1971, vencer o seu maior rival por quatro vezes na mesma temporada. O Fla quer evitar tal situação e tem como meta continuar na briga por mais um título nacional.

O Fla-Flu já foi realizado cinco vezes em 2021, com quatro triunfos do Fluminense. A equipe tricolor levou a melhor no Brasileirão de 2020 – que acabou sendo estendido até fevereiro deste ano devido à pandemia da covid-19 -, na Taça Guanabara e no primeiro turno do Nacional. No entanto, nos duelos decisivos, a exemplo da final do Campeonato Carioca, a equipe não vem conseguindo vencer seu rival, empatou um e perdeu o título estadual ao levar 3 a 1, no dia 22 de maio.

No sábado, o confronto é importante para o Fluminense se aproximar da zona de Libertadores. Atualmente, está na oitava posição, com 36 pontos, a quatro do Internacional, em sexto, mas com a motivação em alta por ter vencido o Athletico-PR, finalista da Copa Sul-Americana, por 1 a 0, na Arena da Baixada, na última rodada.

Do outro lado, o Flamengo defende uma invencibilidade de seis jogos sob o comando do técnico Renato Gaúcho. Finalista da Libertadores e na semifinal da Copa do Brasil, o clube rubro-negro quer diminuir a diferença para o líder Atlético-MG. O time mineiro possui 56 pontos, dez a mais do que a equipe carioca, que tem ainda dois jogos a menos. Na rodada passada, ficou no 0 a 0 com o Cuiabá.

O técnico Marcão continua tendo problemas para montar o melhor time do Fluminense. Com uma lesão no ombro, Nino não treinou durante a semana e acabou sendo vetado pelo departamento médico, que considerou que o atleta não tem condições de entrar em campo neste sábado. Já o atacante Bobadilla foi liberado pela diretoria para acompanhar o nascimento de sua filha. Como o procedimento demorou mais do que o esperado, ele não chegará ao Rio a tempo do duelo.

A boa notícia ficou por conta do retorno de Luccas Claro. O jogador foi poupado do duelo contra o Athletico por desgaste físico. Conforme o planejamento da comissão técnica, estará à disposição. Ele briga por posição com David Braz e Manoel, dupla que tem agradado ao treinador. A tendência, no entanto, é que seja escalado entre os titulares.

Marcão tentará, contra o Flamengo, vencer pela primeira vez o arquirrival. Para isso, o treinador contará com o apoio de seus torcedores. Mais de 20 mil ingressos foram disponibilizados para o embate deste sábado.

“Queremos muito o nosso torcedor no estádio para nos apoiar e colocar para frente. Em se tratando de um clássico como esse, você olhar para cima e ver que está cheio de torcedor é motivo de satisfação. Sabemos que será um jogo difícil, independente de quais peças o Renato terá à disposição, mas da nossa parte vamos fazer de tudo para ser um grande jogo e somar três pontos”, comentou o treinador.

Visando os duelos contra o Athletico-PR (na semifinal da Copa do Brasil) e diante do Atlético-MG (na 29ª rodada), Renato Gaúcho estuda colocar uma equipe alternativa no clássico. O treinador teme perder jogadores por lesão ou deixá-los desgastados para os duelos decisivos.

Contra o Fluminense, a lista de desfalques é grande e conta com nomes como o de Gabriel Barbosa, com uma torção no tornozelo; Bruno Henrique, em fase final de recuperação de uma lesão na coxa; Arrascaeta, com um estiramento de grau 2 na coxa; e David Luiz, em recuperação física.

Os problemas não param por aí. Renato não conta também com Filipe Luís, suspenso. Na vaga do lateral, Renê será escalado. No ataque, o treinador terá Michael, Pedro e Vitinho, este briga por posição com Thiago Maia.

“Nosso grupo é muito bom, mas estamos cheios de problemas. Os jogadores são seres humanos, eles cansam. Só o Flamengo não pode poupar e não podemos poupar. A única vez que poupei foi contra o ABC. E temos que ganhar, quando não ganha, ninguém é bom. É muito difícil ganhar três competições? Qual time no mundo ganha todas as partidas? Mas é quase que impossível ganhar tudo”, desabafou Renato.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais