Brasil

Em live, Bolsonaro ataca TSE e afirma que vai contratar empresa para auditar eleições

Crédito: Reprodução/YouTube

Bolsonaro voltou a comentar sobre as eleições deste ano durante sua live (Crédito: Reprodução/YouTube)


Em sua tradicional live de quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a comentar e atacar o sistema eleitoral brasileiro, afirmando que o presidente de seu partido foi informado para contratar uma empresa para fazer auditoria antes das eleições deste ano.

O Tribunal Superior Eleitoral [TSE] já faz uma auditoria antes, durante e depois da votação, com os partidos políticos sendo convidados para participarem do processo. Segundo Bolsonaro, a empresa será chamada para auditar com antecedência para “termos eleições livres de qualquer suspeita e de interesse externo”.

“Adianto para o TSE, essa auditoria não vai ser feita após as eleições. Uma vez contratada, a empresa já começa a trabalhar e vai pedir ao TSE, com toda a certeza, uma grande quantidade de informações”, afirmou Bolsonaro sem revelar o nome da empresa.

Na live, o presidente pediu para o Tribunal Superior Eleitoral divulgar as sugestões feitas pelas Forças Armadas para supostamente aumentar a segurança das eleições e declarou que não pretende dar um golpe.

“Por que esconder essas sugestões das Forças Armadas da população? População quer eleições transparentes, onde o voto seja contado efetivamente. Se as urnas são inexpugnáveis, por que essa preocupação?”, questionou.

Bolsonaro ainda ironizou que sua pressão por mudanças no sistema eleitoral brasileiro seja para garantir a vitória do ex-presidente Lula (PT), líder nas pesquisas. “Se pesquisa diz que Lula tem 40%, ele vai ganhar, quero garantir a eleição dele”, completou.

Com informações do Estadão Conteúdo.